MENU

17/11/2020 às 11h09min - Atualizada em 17/11/2020 às 11h09min

Período de defeso: Ipaam faz alerta sobre declarações de estoque e guias de transporte e comercialização

Proprietários de frigoríficos e outros empreendimentos que tenham peixes armazenados devem fazer a declaração de estoque até o dia 17 de novembro

- Redação Namazonia
Assessoria de Comunicação do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam)
Ricardo Oliveira/Ipaam

O período de defeso iniciou, no último domingo (15/11), para as espécies aruanã, caparari, mapará, matrinxã, pacu, pirapitinga, sardinha e surubim, por consequência, o Instituto de Proteção do Amazonas (Ipaam) informa que o prazo final para realizar a declaração de estoque das espécies contempladas é até o dia 17 de novembro. Após a declaração de estoque, é necessário solicitar as guias para Transporte e Comercialização do pescado.

O Ipaam é responsável pela declaração de estoque dos peixes caparari e surubim. O documento possibilita o trânsito e comercialização das espécies e deve ser autorizado pelo Ipaam, portanto, proprietários de frigoríficos e outros empreendimentos que tenham peixes armazenados devem fazer a declaração de estoque até a data mencionada.

A gerente de Controle de Pesca do Ipaam, Nonata Lopes, afirma que as declarações de estoque serão executadas de forma on-line. “Os empreendedores devem enviar um e-mail contendo todos os documentos - cuja relação consta no site - para o endereço: pesca@ipaam.am.gov.br. Em caso de dúvidas, acionar os números 2123-6762 / 98441-8303”, informa Nonata Lopes.

A gerente explica também sobre o envio das solicitações de Guias para Transporte e Comercialização do Pescado, que deverão ser encaminhadas para o mesmo endereço pesca@ipaam.am.gov.br, com no mínimo, dois dias úteis de antecedência.

“Após a declaração de estoque, o empreendedor deve solicitar as guias de transporte e comercialização do pescado. O empreendedor deve encaminhar o formulário preenchido para o e-mail da Gerência de Controle de Pesca. Se estiver seguindo todos os termos vigentes, a guia será expedida e deve acompanhar o produto até o destino final”, conclui a gerente.

Período de Declaração - O período de declaração é estabelecido pela resolução n° 21, de 27 de outubro de 2015, do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Cemaam). Ela fixa o segundo dia útil, após o início do defeso, como prazo máximo para a declaração ao órgão ambiental dos estoques de peixes in natura, resfriados ou congelados, provenientes de águas continentais existentes em frigoríficos, peixarias, entrepostos, postos de venda, bares, hotéis, restaurantes e similares.

 Multas - De acordo com o Decreto Federal nº 6.514/2008, as multas podem variar de R$ 700 a R$ 100.000, com acréscimo de R$ 20 por quilo ou fração do produto da pescaria, ou por espécime quando se tratar de produto de pesca para uso ornamental.

Outras espécies - O controle de pesca dos peixes surubim e caparari são de responsabilidade do Ipaam. Portanto, é neste órgão que o processo de declaração de estoque deve ser realizado. Já a declaração de estoque das espécies aruanã, mapará, matrinxã, sardinha, pirapitinga e pacu é de competência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), conforme portaria nº 48 de 05/11/2007.

Contatos - Mais informações podem ser obtidas por meio da Gerência de Controle de Pesca do Ipaam nos telefones (92) 2123-6762 / 98441-8303 ou pelo e-mail pesca@ipaam.am.gov.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp